Reuters internacional

Porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, durante evento em Sochi, Rússia. 20/05/2016 REUTERS/Sergei Karpukhin/Files

(reuters_tickers)

MOSCOU (Reuters) - O Kremlin disse acreditar nesta quarta-feira que o ataque recente ao aeroporto de Istambul pode ser resultado de serviços de segurança turcos e de outros países europeus terem ignorado sinais de Moscou sobre possíveis "terroristas" escondidos na Turquia e Europa.

"Durante muitos anos, o lado russo... tem informado nossos colegas turcos e europeus que pessoas suspeitas de serem ligadas ao terrorismo... se abrigaram na Turquia e em diversos países da Europa", disse o porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov, durante teleconferência com jornalistas.

"Na maioria dos casos, tais sinais do lado russo não receberam a atenção devida ou qualquer reação de nossos colegas. Para nosso pesar, estes (ataques em Istambul) podem ser uma consequência de tal descaso."

(Reportagem de Dmitry Solovyov)

reuters_tickers

 Reuters internacional