Reuters internacional

Pessoas se abraçam em vigília pelas vítimas do massacre em Orlando. 16/06/2016 REUTERS/Jim Young

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - O atirador que matou 49 pessoas em uma boate de Orlando, na Flórida, pode ter sido inspirado por "organizações terroristas" estrangeiras, disse nesta segunda-feira o chefe do FBI, James Comey.

"Há fortes indicações de radicalização por parte deste assassino e de possível inspiração em organizações terroristas estrangeiras", disse o diretor do FBI a repórteres.

(Reportagem de Julie Edwards e Susan Heavey)

reuters_tickers

 Reuters internacional