Reuters internacional

Jovens japonesas comem Big Mac em Tóquio. 24/12/2003 REUTERS/Eriko Sugita/File Photo

(reuters_tickers)

(Reuters) - O homem por trás de um dos sanduíches de fast-food mais conhecidos do mundo, o Big Mac, do McDonald's, morreu nesta semana, aos 98 anos de idade.

Michael James Delligatti inventou o Big Mac, que estreou em um restaurante do McDonald's de Uniontown, no Estado norte-americano da Pensilvânia, em 1967.

O McDonald's tuitou uma mensagem na quarta-feira celebrando a contribuição de Delligatti à empresa de fast-food, da qual era um franqueado.

"Hoje, comemoramos os 98 anos inspiradores do inventor do Big Mac, Michael "Jim" Delligatti. Jim, agradecemos e lembraremos de você para sempre", disse a companhia.

A mídia norte-americana noticiou que Delligatti morreu em sua casa na Pensilvânia na segunda-feira.

Em uma entrevista concedida à Reuters em 2007, Delligatti disse que demorou dois anos para convencer o McDonald's de que o Big Mac era uma boa ideia.

"Achei que precisávamos de um sanduíche grande", contou. "Mas você não podia fazer nada a menos que eles te dessem permissão".

O conteúdo do sanduíche, imortalizado pelo popular jingle "dois hambúrgeres, alface, queijo, molho especial, cebola, picles num pão com gergelim" é geralmente o mesmo em todo o mundo, embora os preços e os valores nutricionais variem.

Ao longo dos anos, a onipresença do Big Mac passou a espelhar a do próprio logotipo do McDonald's, e ele é usado para monitorar o valor das moedas estrangeiras em comparação com o dólar norte-americano no "Índice Big Mac", publicado pela revista The Economist.

(Por Julie Noce)

reuters_tickers

 Reuters internacional