Reuters internacional

Vice-secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, em entrevista à Reuters em Paris. 04/03/2016 REUTERS/Christian Hartmann/Files

(reuters_tickers)

Por Minami Funakoshi

TÓQUIO (Reuters) - Os Estados Unidos irão reagir com dureza na eventualidade de mais um teste nuclear da Coreia do Norte, disse o vice-secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, nesta segunda-feira, dias depois de o país o regime norte-coreano fracassar no lançamento do que os EUA acreditam ser um míssil balístico de alcance intermediário.

Pyongyang realizou seu quarto teste nuclear em janeiro e lançou um foguete de longo alcance no mês seguinte, ambos em desafio a resoluções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

Sanções ampliadas da ONU com o objetivo de impedir que a Coreia do Norte tenha acesso a fundos para seu programa de armas nucleares foram aprovadas por unanimidade no Conselho de Segurança no início de março, durante a votação de uma resolução elaborada por EUA e China.

Blinken, que se encontra em Tóquio para se reunir com autoridades japonesas de alto escalão, disse a repórteres que a Coreia do Norte irá cavar um buraco ainda mais fundo para si mesma se continuar com suas provocações.

"Vai haver uma resposta adicional dura no caso de outro teste nuclear (norte-coreano)", afirmou Blinken, acrescentando que tais ações são "inaceitáveis".

Alguns especialistas acreditam que a nação reclusa irá realizar seu quinto experimento nuclear no futuro próximo, possivelmente antes do congresso do partido, no início de maio.

reuters_tickers

 Reuters internacional