Reuters internacional

WASHINGTON (Reuters) - Um ex-assessor do presidente Barack Obama rotulou Donald Trump um "psicopata" neste domingo, dizendo que o candidato presidencial republicano corresponde à definição clínica do transtorno de personalidade.

Com um pouco mais de dois meses antes da eleição dos EUA em 8 de novembro, os comentários de David Plouffe, um ex-assessor do presidente Barack Obama e gerente de sua campanha presidencial de 2008, marcam uma nova escalada de uma série de golpes trocados entre o lado de Trump e de sua rival democrata Hillary Clinton.

"Basicamente, você tem um psicopata concorrendo para presidente. Quer dizer, ele se enquadra na definição clínica", disse Plouffe em uma entrevista no programa da NBC "Meet the Press".

Quando desafiado, Plouffe reconheceu que não tinha diploma em psicologia, mas listou o que disse serem os sintomas do empresário de Nova York: "noção grandiosa de autoestima; mentira patológica; falta de empatia e remorso".

A campanha Trump não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

(Reportagem de David Morgan)

reuters_tickers

 Reuters internacional