Reuters internacional

Presidente dos EUA, Barack Obama, e filha Malia durante evento em Chicago. 01/05/2016 REUTERS/Kevin Lamarque

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - A filha mais velha do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, Malia, vai estar na Universidade Harvard em 2017, mas antes ficará afastada dos estudos durante um ano após a conclusão do ensino médio, informou a Casa Branca no domingo.

"Malia irá tirar um ano de intervalo antes de começar a faculdade", disse um comunicado da Casa Branca, encerrando um silêncio de meses a respeito da procura de uma faculdade para Malia. Seus dois pais frequentaram a faculdade de Direito de Harvard.

Malia, de 17 anos, irá se concentrar em concluir as provas finais do ensino médio antes de pensar em como irá aproveitar seu ano de intervalo, contou à Reuters um funcionário que foi informado sobre a decisão de Malia.

Ela demonstrou interesse por cinema e televisão, e trabalhou no meio como estagiária durante dois verões. No ano passado ela trabalhou no Brooklyn, em Nova York, no set de filmagem da série da HBO "Girls".

Em 2014 ela trabalhou no set da série de ficção científica "Extant", da rede CBS, estrelada por Halle Berry. O seriado já encerrado foi produzido por Steven Spielberg, um dos grandes doadores das campanhas presidenciais de Obama.

A divisão de ensino de graduação de Harvard informou em seu site de admissões que incentiva os alunos aceitos a adiarem a matrícula por um ano para viajarem, realizarem um projeto ou trabalharem. Cerca de 80 a 110 estudantes o fazem a cada ano, afirmou.

(Por David Lawder e Roberta Rampton)

reuters_tickers

 Reuters internacional