Reuters internacional

HELSINQUE (Reuters) - Cinco jogadores da seleção cubana de vôlei foram considerados culpados nesta terça-feira de cometerem estupro na Finlândia enquanto estavam no país em julho para partidas da Liga Mundial antes dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Seis jogadores foram acusados em um tribunal distrital finlandês de terem cometido crime na cidade de Tampere, no hotel onde a equipe cubana estava hospedada. Um dos jogadores foi inocentado.

A corte condenou quatro jogadores a cinco anos de prisão e um quinto a três anos e meio de detenção. Todos os cubanos negam a acusação.

(Reportagem de Tuomas Forsell)

reuters_tickers

 Reuters internacional