Reuters internacional

Secretário de Estado norte-americano, John Kerry. 07/04/2016 REUTERS/Jonathan Ernst

(reuters_tickers)

Por Arshad Mohammed

BAGDÁ (Reuters) - O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, visitou o Iraque nesta sexta-feira para mostra apoio ao primeiro-ministro Haider al-Abadi, que enfrenta uma crise política, uma economia em colapso e combates para retomar áreas ocupadas por militantes do Estado Islâmico.

O premiê surpreendeu na semana passada a elite política do Iraque com uma proposta de remodelação do gabinete com o objetivo de conter a corrupção intrínseca ao substituir políticos antigos por tecnocratas e acadêmicos.

Seu objetivo é livrar os ministérios iraquianos das classes políticas que usavam o sistema de cotas étnicas e sectárias instituídas para acumular riqueza e influência através da corrupção após a invasão em 2003 liderada pelos Estados Unidos.

Autoridades norte-americanas mostram preocupação com a incerteza política, que pode prejudicar os esforços iraquianos na retomada de territórios perdidos para militantes do Estado Islâmico.

reuters_tickers

 Reuters internacional