Reuters internacional

Melania Trump durante convenção republicana em Cleveland. 21/7/2016. REUTERS/Mike Segar

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - Melania Trump, mulher do candidato à Presidência dos Estados Unidos pelo partido Republicano, Donald Trump, moveu um processo nesta quinta-feira contra duas entidades de mídia por calúnia em reportagens que diziam que ela era uma "acompanhante" nos anos 1990.

"Melania Trump apresentou um processo hoje no tribunal do circuito estadual de Montgomery County, Maryland, contra a Mail Media, que publica o Daily Mail Online, e contra Webster G. Tarpley, que publica um blog em Montgomery County, Maryland", disse o advogado de Melania, Charles Harder, em comunicado.

"Estes réus fizeram vários comentários sobre a senhora Trump que são 100 por cento falsos e tremendamente prejudiciais à sua reputação pessoal e profissional".

(Por Alana Wise)

reuters_tickers

 Reuters internacional