Reuters internacional

Mosquitos Aedes aegypti em laboratório de Campinas. 2/2/2016. REUTERS/Paulo Whitaker

(reuters_tickers)

Por Julie Steenhuysen

CHICAGO (Reuters) - O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) confirmou a morte no mês passado de um morador de Utah no primeiro óbito relacionado ao Zika vírus na área continental dos EUA, disse o CDC em comunicado enviado por email.

O departamento de saúde do condado de Salt Lake em Utah anunciou a morte nesta sexta-feira de um morador idoso que havia sido infectado pelo Zika quando viajava a uma área onde o vírus é bastante ativo.

A causa exata da morte não é conhecida, disse o departamento de saúde em comunicado à imprensa.

O morador tinha uma condição de saúde não divulgada e testou positivo para o Zika vírus. Autoridades de saúde locais disseram que não é possível determinar como a infecção pelo Zika contribuiu para a morte da pessoa.

O morador não foi identificado.

reuters_tickers

 Reuters internacional