Premiê do Japão irá se encontrar com Putin na Rússia em abril

 Reuters internacional

TÓQUIO (Reuters) - O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, irá visitar a Rússia no final de abril para uma reunião com o presidente russo, Vladimir Putin, informou o ministro das Relações Exteriores japonês, Fumio Kishida, nesta segunda-feira.

Abe prometeu resolver uma disputa territorial de décadas com a Rússia, relativa a uma cadeia de ilhas do oeste do oceano Pacífico tomada por tropas soviéticas no final da Segunda Guerra Mundial, na esperança de formar laços melhores e com isso conter a emergência da China.

A desavença vem obstruindo um tratado de paz formal entre os dois países.

Falando a repórteres após uma reunião de segurança entre chanceleres e ministros da Defesa do Japão e da Rússia, Kishida também disse que os dois lados concordaram em exigir que a Coreia do Norte, que vem realizando uma série de testes nucleares e de mísseis em afronta a sanções da ONU, interrompa tais ações.

"Tivemos conversas aprofundadas hoje sobre as questões nucleares e de mísseis da Coreia do Norte e concordamos em exigir em termos fortes que a Coreia do Norte se abstenha de novas provocações e respeite as resoluções do Conselho de Segurança da ONU", disse Kishida.

A mídia estatal norte-coreana noticiou que no domingo o país recluso testou um motor de foguete de alta propulsão, o que um analista disse se tratar de um passo perigoso rumo ao objetivo norte-coreano de desenvolver um foguete que poderia atingir os Estados Unidos.

(Por Kiyoshi Takenaka)

Reuters

 Reuters internacional