Reuters internacional

WASHINGTON (Reuters) - A ex-vice candidata à presidência dos Estados Unidos Sarah Palin prometeu, neste domingo, ajudar a derrubar Paul Ryan, o republicano mais graduado na Câmara dos Deputados, por conta de sua recusa em endossar o presumido candidato do Partido Republicano, Donald Trump.

Palin, ex-governadora do Alaska e apoiadora de Trump, é apoiadora do empresário conservador Paul Nehlen, que está contestando Ryan, presidente da Câmara, para assumir seu assento no Congresso durante o processo de nomeação republicana de 9 de agosto, no Estado de Wisconsin. 

“Vou fazer tudo o que puder por Paul Nehlen”, disse Palin em uma entrevista à CNN. “Este homem é trabalhador, tem contato próximo com o povo.”

Embora Ryan seja amplamente favorito a vencer a corrida primária contra Nehlen, Palin previu uma derrota inesperada que, segundo ela, abalaria a classe política de Washington. 

Os comentários de Palin salientam a grande divisão dentro do partido sobre Trump, que efetivamente conseguiu a nomeação de seu partido para presidente na semana passada quando seus dois rivais remanescentes, Ted Cruz e John Kasich, abandonaram a corrida.

(Por Dustin Volz e David Lawder)

reuters_tickers

 Reuters internacional