Reuters internacional

YANGON (Reuters) - Um terremoto de magnitude 6,8 atingiu o centro de Mianmar nesta quarta-feira e deixou ao menos três mortos, incluindo duas crianças, segundo as autoridades locais, além de danificar alguns dos tradicionais templos religiosos da antiga capital Bagan.

O epicentro do tremor se localizou cerca de 143 quilômetros ao oeste da cidade de Meiktila e a uma profundidade de 84 quilômetros, de acordo com o Serviço Geológico dos EUA, que monitora atividades sísmicas no mundo todo.

Uma autoridade do Corpo de Bombeiros da capital regional Magwe disse que duas meninas foram mortas após a queda de uma barreira na cidade de Yenanchaung. Uma pessoa morreu e outra ficou ferida no desabamento de uma fábrica de tabaco na cidade de Pakkoku, no norte do país, segundo os bombeiros.

O sismo abalou os edifícios de Yangon, a maior cidade de Mianmar, e de outras localidades e centros urbanos do país, de acordo com testemunhas.

O agente de viagem Amy Saw, de Yangon, fez contato com o escritório de sua empresa em Bagan e disse que templos da cidade foram danificados. Segundo o Ministério dos Assuntos Religiosos, 65 templos sofreram algum tipo de dano.

O terremoto também foi sentido em Bangcoc, capital da Tailândia, e em Bangladesh, segundo moradores.

(Por Robert Birsel)

reuters_tickers

 Reuters internacional