Reuters internacional

Trump cumprimenta simpatizantes em Canfield, Ohio. 5/9/2016. REUTERS/Mike Segar

(reuters_tickers)

Por Steve Holland e Jeff Mason

CLEVELAND (Reuters) - Donald Trump e Hillary Clinton partiram para os dois meses finais e frenéticos da campanha com uma série de atividades em Ohio, um Estado disputado, onde há décadas o candidato ganhador acaba vitorioso na corrida pela Casa Branca.

Num sinal da importância do Estado, os aviões de Hillary e Trump num determinado momento ficaram lado a lado na pista de Cleveland, embora os candidatos não tenham se cruzado.

Chegando ao feriado do Dia do Trabalho, que dá início à esticada final da campanha para as eleições de 8 de novembro, Trump se fortaleceu nas pesquisas de opinião, colocando pressão sobre a favorita Hillary.

Hillary, viajando com a imprensa pela primeira vez num novo avião que exibe o seu slogan de campanha, afirmou que ela havia desfrutado do “último momento antes da corrida desenfreada” até a linha de chegada. A candidata democrata se disse “mais do que pronta” para as próximas nove semanas.

O rival republicano convidou os jornalistas para acompanhá-lo no voo curto entre Cleveland e Youngstown, também na primeira vez que a imprensa voou com ele, e respondeu diversas perguntas no caminho.

Enquanto a maioria das pesquisas mostram Trump atrás de Hillary em muitos dos Estados mais disputados, onde as eleições devem ser decididas, ele tem ficado próximo de empatar com ela em algumas pesquisas nacionais e a tem ultrapassado por uma pequena diferença em outras.

O mais recente levantamento da Reuters/Ipsos na sexta-feira mostrou que Trump tinha o apoio de 40 por cento dos prováveis eleitores contra 39 por cento de Hillary, eliminando a recente vantagem de oito pontos dela.

Trump, junto com o seu candidato a vice-presidente, o governador de Indiana, Mike Pence, compareceu a uma reunião na região de Cleveland com líderes dos trabalhadores e sindicalistas antes de seguir para um festival na área de Youngstown.

Hillary, junto com o seu companheiro de chapa, o senador Tim Kaine, de Virgínia, parou numa cervejaria de Cleveland antes de seguir para um festival e uma parada do Dia do Trabalho.

"É interessante ter todos os aviões aqui na mesma pista. Isso apenas mostra o quão importante é Ohio”, afirmou Kaine sobre os aviões lado a lado em Cleveland.

reuters_tickers

 Reuters internacional