Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Segurança no esporte Estudo revela muitos ferimentos na cabeça e poucos capacetes

Mais de 6.500 ferimentos com trenós são registrados a cada ano na Suíça, sendo que um sexto deles é na cabeça, de acordo com um estudo do Conselho Suíço de Prevenção de Acidentes. Embora o capacete ajude, apenas metade das pessoas usa um.

Couple sledging

Parece brincadeira de criança, mas andar de trenó pode ser bem perigoso

(Keystone)

Nenhum esquiador novato pensaria em descer uma pista preta no seu primeiro dia. Quando se trata de trenós, no entanto, as coisas são diferentes: muitas pessoas montam em cima de um e simplesmente vão em frente, disse o órgão de prevenção de acidentes. 

"Uma boa preparação, o material certo e a técnica adequada são cruciais quando se trata de trenós para chegar ileso no final da pista". As estatísticas dos acidentes mostram que nem todos levam isso a sério", disse. 

Todos os anos cerca de 6.500 pessoas que andam de trenó precisam de cuidados médicos após os acidentes, enquanto em média uma pessoa morre. A maioria dos ferimentos envolve apenas um único trenó, embora também ocorram colisões, por exemplo, com outras pessoas, árvores, barreiras, postes ou carros. 

Cabeças desprotegidas 

Cerca de 15% das lesões de trenó afetam a cabeça, incluindo lesões graves no crânio e no cérebro. "Quem usa capacete corre um risco significativamente menor de ferir a cabeça em caso de queda ou colisão", disse o órgão de prevenção. 

Quase metade das pessoas que andam de trenó não usa capacete, mostra o estudoLink externo. O número é praticamente o mesmo desde 2012. Uma comparação com os esquiadores é impressionante em todas as idades: enquanto 99% das crianças e adolescentes usam capacetes em pranchas de snowboard e esquis, apenas 80% o fazem quando andam de trenó. Apenas 43% dos adultos usam capacete, em comparação com 92% quando praticam esqui ou snowboard. 

A four-man toboggan

Tobogans são mais fáceis de controlar, de acordo com o Conselho Suíço de Prevenção de Acidentes

(Keystone)

O Conselho Suíço de Prevenção de Acidentes diz que alguns dos acidentes estão ligados ao tipo de transporte. Trenós clássicos, como o "Davos" ou o "Grindelwalder" - trenós de madeira com corrediças de aço - destinam-se ao transporte de mercadorias, não de seres humanos. 

"Mas se você usar um tobogã, você pode dirigir mais fácil e mais precisamente", aconselhou o conselho. Os tobogãs são longos, planos e encaracolados na frente.




swissinfo.ch/fh

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.