Your browser is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this websites. Learn how to update your browser[Fechar]

Serviços exteriores


Governo prolonga mandato de swissinfo.ch


O Conselho Federal aprovou um novo mandato para swissinfo.ch por um período de quatro anos a partir de 1º de janeiro de 2017.

A embaixadora dos EUA para a Suíça Suzi LeVine (à direita) sendo entrevistada em um estúdio de swissinfo.ch (swissinfo.ch)

A embaixadora dos EUA para a Suíça Suzi LeVine (à direita) sendo entrevistada em um estúdio de swissinfo.ch

(swissinfo.ch)

Em um comunicado, o governo suíço declarou contribuir com cerca de CHF 20 milhões por ano - ou CHF 1.6 milhões a menos do que atualmente - para continuar cofinanciando swissinfo.ch, bem como tvsvizzera.it, TV5 e 3sat, que também fornecem notícias e informações para o público internacional.

A Sociedade Suíça de Radiodifusão e Televisão (SRG SSR), empresa que controla SWI swissinfo.ch, saudou a decisão, dizendo ser "um reconhecimento do papel central desempenhado por esses sites e emissoras de posicionamento da Suíça no exterior."

"Através dos quatro serviços da SSR voltados para o público externo - SWI swissinfo.ch, TV5Monde, 3Sat e tvsvizzera.it - a Suíça pode transmitir as suas experiências com a democracia direta e suas quatro culturas a milhões de pessoas no exterior e distribuir as produções culturais suíças além das suas fronteiras", declarou Roger de Weck, diretor-geral da SSR.

O mandato da swissinfo.ch exige explicitamente pela primeira vez que o serviço ofereça conteúdo relevante de curadoria e um 'jornalismo cidadão' para envolver mais ativamente o público na criação de conteúdo. Implicitamente mencionado está também uma cobertura regular de questões sobre a democracia direta e a integração dos imigrantes na sociedade suíça.

swissinfo.ch

×