Your browser is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this websites. Learn how to update your browser[Fechar]

Fuga ou mobilidade?


#Generation E: jovens migrantes do sul da Europa contam




 Outras línguas: 3  Línguas: 3
Generation E é um projeto internacional de jornalismo de dados. Seu principal objetivo é compreender porque jovens dos países ao sul da Europa partem e seus destinos. (GenerationE)

Generation E é um projeto internacional de jornalismo de dados. Seu principal objetivo é compreender porque jovens dos países ao sul da Europa partem e seus destinos.

(GenerationE)

A crise faz com que milhares de jovens italianos, espanhóis e português tomem a direção do norte à procura de um futuro melhor. Quem são esses novos rostos da migração? O projeto "Generation E" encontrou 2.500 representantes deles, dos quais centenas vivendo na Suíça.

"O governo italiano investiu bastante em mim, financiou meus estudos e o doutorado, mas agora é uma empresa suíça que aproveita dos resultados", afirma Alessandro Fammartino, que há nove anos se mudou para Zurique à procura de emprego.

Originalmente de Turim, ele faz parte do grupo de 2.500 emigrantes com menos de 40 anos, que participou do questionário do Geração E", um projeto sobre a emigração de jovens do sul da Europa. swissinfo.ch tem o direito exclusivo de publicar as entrevistas realizadas na Suíça.

Falta de perspectivas profissionais e ambições pessoais são as razões mais comuns dadas pelos jovens para emigrar, o que não surpreende frente aos níveis elevados de desemprego jovem de 35% na Itália e até 50% na Espanha e Grécia, dentre outros.

Porém existem aqueles que abandonaram a pátria para estudar, pelo amor ou porque não suportavam mais o clima político e social nos países de origem. 

Gráfico 1

Segundo a Departamento Federal das Estatísticas, pouco mais de 40 mil imigrantes do sul da Europa chegaram na Suíça em 2015, dos quais a metade da Itália. Nem todos se registram oficialmente nas embaixadas dos seus países. As razões são várias, como descobriu o jornalista e coordenador do projeto Generation E, Jacopo Ottaviani.

"Quando eles se registram nas listas oficiais, a impressão é de estar abandonando o seu país definitivamente. Porém nem todos estão seguros de fazê-lo e assim preferem esperar. Além disso, há a questão burocrática. No caso da Itália, por exemplo, o procedimento é longo e complicado."

Gráfico 2

A imigração de jovens italianos, espanhóis e portugueses não é nenhum novo fenômeno na Suíça. Já nos anos 1950 e 1960 a Suíça recebeu milhares de trabalhadores italianos, dispostos a assumir trabalhos muitas vezes penosos ou perigosos.

O projeto Generation E é coordenado por quatro jornalistas: Jacopo Ottaviani (coordenador), Daniele Grasso, Sara Moreira e Katerina Stavroula.

Hoje os novos migrantes têm um novo perfil. No passado eles eram em grande parte simples trabalhadores. Hoje muitos desses jovens têm diplomas universitários. Além disso, também são pessoas mais acostumadas a viajar, dominam outros idiomas e sentem-se como cidadãos europeus, analisa Ottaviani.

A integração não é sempre muito fácil, como mostram alguns dos relatos recolhidos na Suíça. "Eu tenho bons amigos, mas em grande parte estrangeiros como eu", revela a italiana Elisa Lovecchio (27 anos). "Eu saio mais com outros imigrantes como eu. Assim não tenho a impressão de estar à margem da sociedade."

Segundo a portuguesa Joana P. os suíços são mais fechados do que as pessoas do Mediterrâneo e "Lausanne não é a cidade ideal para quem está solteira, mas sim para morrer, como a minha mãe me diz."

A maioria desses jovens imigrantes sonham, todavia, em retornar um dia para os seus países. "Se eu pudesse, voltaria já amanhã", conta Ivan G., um espanhol residente em Zurique, completando: "Mas no momento seria suicídio."

Gráfico 3

O projeto Generation E foi lançado em 2014 e continua. Se você também é originário de um país no sul da Europa e imigrou à Suíça, conte-nos a sua história. Preencha o formulário abaixo e envie o artigo a seus amigos.


Adaptação: Alexander Thoele

×