Your browser is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this websites. Learn how to update your browser[Fechar]

Peso


Suíças são as mais magras da Europa


Por swissinfo.ch


 Outra língua: 1  Línguas: 1

As suíças conseguiram uma pontuação de peso quase perfeita em uma pesquisa mundial sobre o Índice de Massa Corporal (IMC). Em média, as mulheres suíças têm uma pontuação IMC de 23.7kgs/m2 que está bem dentro dos parâmetros de peso saudável.

Segundo o estudo, as suíças já estão prontas para o verão europeu. (Keystone)

Segundo o estudo, as suíças já estão prontas para o verão europeu.

(Keystone)

A pesquisa constatou que, globalmente, as pessoas estão ficando mais pesadas desde 1975. No mundo, 640 milhões de pessoas apresentam excesso de peso. Em média, as pessoas ganharam 1.5 kg de peso por década nos últimos 40 anos.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), uma leitura do IMC entre 18.5 e 24.9 é a pontuação ideal. O IMC mede a relação entre peso e altura para obter a pontuação.

O estudo mais recente contou com a participação do Instituto de Medicina Evolutiva da Universidade de Zurique, além de outras 700 instituições em todo o mundo, e reuniu dados de 19 milhões de pessoas, em 200 países, durante 40 anos. Na Suíça, os dados foram coletados de uma pesquisa da OMS sobre doenças cardíacas e de um longo estudo realizado com recrutas do exército suíço com 19 anos de idade.

Tendência preocupante

Enquanto as mulheres suíças conseguiram boas notas, os sujeitos do exército suíço revelaram uma tendência mais preocupante, com a pontuação do IMC deles passando de 21.5 para 23, entre 1975 e 2014. O resultado ainda está nos limites de um peso saudável, mas mostra uma relativa tendência, de acordo com o coautor do estudo, Frank Rühli, da Universidade de Zurique.

"A boa notícia é que a Suíça tem assistido a uma estabilização do IMC nos últimos anos, ao contrário de outras regiões do mundo, especialmente nos Estados Unidos e na China", disse para swissinfo.ch.

Em todo o mundo, as pessoas ficaram mais altas e mais pesadas nos últimos 130 anos, graças a um aumento geral do nível da qualidade de vida, acrescentou Rühli. Mas, enquanto as pessoas parecem ter atingido um patamar de altura, sua massa corporal continua a aumentar.

O estudo prevê que 18% dos homens e 25% das mulheres vão estar acima do peso ou obesos em 2025, se a tendência do IMC continuar no mesmo ritmo.

×