Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Transportes Os suíços viajam cada vez mais longe para trabalhar

O tempo médio gasto na Suíça para se deslocar de casa para o trabalho aumentou para 30 minutos em 2016, ou 14,8 quilômetros, de acordo com o Departamento Federal de Estatística.

Trabalhadores chegando na estação ferroviária de Cornavin, em Genebra, uma das mais movimentadas do país.

Trabalhadores chegando na estação ferroviária de Cornavin, em Genebra, uma das mais movimentadas do país.

(Keystone)

Todos os dias, 3,9 milhões de pessoas, de uma força de trabalho de 4,8 milhões, se deslocaram para o seu local de trabalho em 2016 - em 1990 eram 2,9 milhões. Cerca de 71% trabalham em um município diferente de onde moram e 20% viajam para um cantão diferente, correspondendo a um aumento de 12% em relação a 1990, informou a agência oficial de estatísticas na quarta-feira.

+ Como os suíços costumam ir ao trabalho?

O estudo aponta que a maioria utilizou o automóvel para ir o trabalho (52%), enquanto que cerca de 33% usou o transporte público (mas só 17% tomaram um trem). Quase 15% das pessoas foram à pé ou de bicicleta.

O Cantão de Zurique teve o maior ingresso líquido de passageiros (+88.000 pessoas). No cantão da cidade de Basileia, 51% dos pendulares vieram todos os dias de outras regiões. Os números também são altos para os cantões Zug (+ 34% de passageiros), Zurique (+ 13%) e Genebra (+ 11%).

O escritório de estatísticas também descobriu que 800 mil jovens (estudantes, aprendizes e universitários) se deslocaram diariamente para seus locais de estudo ou treinamento em 2016. Em média, eles cobriram 22 km, principalmente de trem ou ônibus.


swissinfo.ch/ets

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.