Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Vista fantástica Cruz Vermelha inaugura sua nova sede em Genebra

Vista externa da nova sede da Cruz Vermelha

Vista externa da nova sede da Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e Crescente Vermelho, no bairro de Petit Saconnex, em Genebra.

(swissinfo.ch)

A Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC) inaugurou a sua nova sede em Genebra, que foi financiada através de um empréstimo do governo suíço. 

"Este edifício é a casa da humanidade... é a casa de nossas 191 Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho e a casa de nossos 14 milhões de voluntários. A Federação Internacional está profundamente ligada a Genebra e eu gostaria de agradecer a todos vocês por nos fazerem sentir tão em casa aqui", disse o presidente da IFRC, Francesco Rocca, aos convidados na cerimônia de inauguração da nova sede em Genebra, na segunda-feira. 

O novo edifício sede da IFRC, que custou CHF 59,4 milhões ($58,3 milhões), foi construído graças a um empréstimo do governo suíço sem juros. Cerca de 350 funcionários da IFRC atualmente trabalham lá. 

A inauguração em Genebra aconteceu no dia seguinte ao aniversário de 100 anos da organização. Conhecida anteriormente como a Liga das Sociedades da Cruz Vermelha, a IFRCLink externo foi criada em 5 de maio de 1919 pelas Sociedades da Cruz Vermelha americana, britânica, italiana, japonesa e francesa no final da Primeira Guerra Mundial para prestar assistência humanitária a pessoas vulneráveis em tempo de paz. 

A Cruz Vermelha Suíça aderiu em 1920. Genebra tem sido a sede do secretariado da IFRC desde o início, exceto por um breve período em Paris, de 1922 a 1939. A organização suíça tem sido um membro ex officio da IFRC desde 1939 devido ao seu estatuto de anfitrião.    

"Estamos extremamente orgulhosos de sediar o secretariado que coordena a maior rede humanitária do mundo", disse Valentin Zellweger, embaixador da Suíça nas Nações Unidas em Genebra, à audiência durante a cerimônia. 

"A Suíça está encantada por a IFRC poder celebrar o seu centenário em sedes maiores e modernas, que estão bem integradas na área local e são um exemplo em termos de tecnologia de economia de energia", emendou Zellweger.

Renomeada "a Federação" no início da década de 1990, a IFRC se concentra em ajudar os mais vulneráveis afetados por desastres e emergências de saúde em todo o mundo. 

O membro fundador do Movimento da Cruz Vermelha - o Comitê Internacional da Cruz VermelhaLink externo (CICV) gerido pela Suíça e criado anteriormente em 1863 - também tem sua sede em Genebra. Ele se concentra principalmente em ajudar as pessoas afetadas por conflitos e violência armada e a promover as leis que protegem as vítimas da guerra. 




swissinfo.ch/ets

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.