Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Werner Bischof Da torre de marfim para o mundo

O fotógrafo suíço Werner Bischof completaria 100 anos em 26 de abril. Um novo livro e duas exposições lembram sua obra e uma carreira interrompida por um acidente de carro durante uma reportagem no Peru, em 1954.

O legado de Bischoff se destaca pela sua gama. Além das fotografias, há diários, esboços, palestras e uma volumosa correspondência com seus pais, sua esposa Rosellina, seus amigos e, claro, seus ex-colegas da Magnum Photos.

No início de sua carreira, durante a Segunda Guerra Mundial, Bischof trabalhou em um estúdio - sua torre de marfim, como ele mais tarde chamaria - até que Arnold Kübler, um mentor, sugeriu que ele virasse o olhar para as pessoas. Bischof passou a explorar uma Europa devastada pela guerra.

O livro de fotografias “Perspectives”, publicado recentemente, começa com uma viagem que levou Bischof para o sul da Alemanha, onde o então fotógrafo de 29 anos ficou impressionado com o que viu.

Em suas viagens posteriores, Bischof sempre se esforçou em manter sua integridade e compaixão para mostrar também o "outro lado" das zonas de conflito. Isso lhe permitiu encontrar com o tempo uma perspectiva única.

(Todas as fotos: Copyright Werner Bischof/Magnum Photos or Werner Bischof Estate)

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.