Navigation

Água da torneira é melhor do que a mineral

Zurique-Lyren: um dos reservatórios de água potável mais importantes da Suíça. Keystone

Na Suíça a água da torneira seria entre 90 a 1000 vezes mais ecológica do que a água mineral. É o que afirma relatório publicado na véspera do Dia Mundial de Água, 22 de março.

Este conteúdo foi publicado em 22. março 2006 - 11:11

A água é distribuída graças a uma rede de mais de 50 mil quilômetros de tubulação, mas um em três litros bebidos sai da garrafa.

Apresentado durante a semana em Zurique, o estudo foi encomendado pela Associação Suíça da Indústria do Gás e da Água com o objetivo de promover o líquido tratado no país.

Os especialistas contratados tinham como tarefa fazer uma comparação "ecológica" entre a água mineral engarrafada e a que sai das torneiras. O resultado diz que os suíços preocupados com sua saúde deveriam muito mais encher seus copos com o líquido das torneiras, ao invés de comprar garrafas de água mineral.

A realidade é que o consumo de água potável encanada está baixando desde o final dos anos 80, enquanto que o de água mineral não pára de progredir no país dos Alpes.

Nos últimos dez anos, as importações triplicaram e cobrem, hoje em dia, quase um terço do consumo de água engarrafada. Cada suíço bebe, em média, 130 litros de água mineral por ano.

De 90 a 1000 vezes

Segundo o estudo, a água da torneira tem um impacto ambiental mil vezes menor do que a água mineral engarrafada transportada por caminhão, quando ela é comprada nos países da União Européia. Quanto maior a distância, pior para o meio-ambiente graças ao consumo de combustível e produção de CO2.

A carga ambiental da água de torneira piora quando ela é colocada na geladeira ou gaseificada através de aparelhos especiais. Porém esta seria 25 a 50% menor do que o da água mineral.

O balanço ecológico da água mineral depende também do modo de produção, de sua refrigeração e forma de embalagem. A carga ambiental é mais forte se a água é refrigerada ou condicionada em embalagens especiais.

Em relação às embalagens, as garrafas de uso múltiplo e garrafões são mais favoráveis em curtas distâncias. Nas longas distâncias, as garrafas de vidro seriam piores para o meio-ambiente do que as de plástico devido ao seu peso.

Mais de 2 mil quilômetros

Os autores do estudo lembram que ao beber dois litros de água mineral européia engarrafada por dia e durante um ano, o consumidor poderia percorrer 1.791 quilômetros num veículo.

Por outro lado, se o consumidor retirar sua água de beber das torneiras, na mesma quantidade, ele provoca um gasto equivalente a apenas dois quilômetros. Essa distância é estimada em 127 quilômetros para a água da torneira gaseificada e 908 quilômetros para a água mineral suíça engarrafada.

swissinfo com agências

Breves

Na Suíça, do ponto de vista ecológico, é preferível beber água da torneira do que a mineral.

Para as pessoas que preferem beber água com gás, a alternativa seria a utilização de aparelhos de gaseificação.

Também do ponto de vista ecológico não seria recomendável colocar a água na geladeira.

Para as pessoas que fazem questão de beber água mineral engarrafada, uma questão importante é a forma como ela é armazenada e transportada.

Essas são as conclusões de um estudo realizado pela Associação Suíça da Indústria do Gás e da Água.

End of insertion

Fatos

Beber um litro de água mineral produzida num dos países da União Européia corresponde ao gasto de 3,1 dl de petróleo pelo transporte.
Quando o mesmo litro foi produzido na Suíça, o consumo é de 1,5 dl de petróleo.
Um litro de água da torneira equivale à despesa energética de 0,003 dl de petróleo.
Cada suíço consome 160 litros de água por dia, onde apenas uma ínfima parte é utilizada para beber.

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?