Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Água de lago suíço está "limpa" demais



O lago de Brienzersee durante um mercado de antiguidades nos finais de semana.

O lago de Brienzersee durante um mercado de antiguidades nos finais de semana.

(Keystone)

Pescadores profissionais no lago de Brienz, ao sul de Berna, estão tendo problemas com a água: nos últimos anos a quantidade de peixes no lago e a pesca caíram assustadoramente.

A razão para o fenômeno é insólita: a água do lago de Brienz está limpa demais.

Dentre as medidas de proteção e de combate à poluição das últimas décadas, uma das mais importantes foi a proibição, em 1986, da utilização de fosfato nos produtos de limpeza. Como consequência, a concentração de fosfato nas águas fluviais e lacustres da Suíça caiu. Atualmente, o lago de Brienz tem uma das menores concentrações de fosfato de todos os grandes lagos helvéticos.

Porém o fósforo (n.r.: fosfato é um íon poliatômico ou um radical consistindo de um átomo de fósforo e quatro de oxigênio) também é um importante nutriente para organismos que, finalmente, também entram na cadeia alimentar dos peixes. Agora os círculos de pescadores profissionais discutem a possibilidade de acrescentar o elemento químico artificialmente no lago.

Autoridades recusam 

O cantão de Berna não autoriza essa medida. Além disso, especialistas consideram-na discutível, como comunicou hoje a Direção de Economia do cantão. Dentre os argumentos apresentados, as autoridades também falam do aumento dos custos de manutenção das estações de tratamento de água.

O governo federal também teria de modificar as leis para possibilitar uma ação por parte das autoridades cantonais (estaduais). Porém representantes garantiram que irão acompanhar a situação ecológica do lago de Brienz.

Problemas para os pescadores 

A água pobre em nutrientes do lago de Briez influencia diretamente o crescimento das principais espécies de peixes capturados pelos pescadores profissionais da região: o Coregonus e o "Brienzlig", peixe local. Hoje eles crescem muito mais lentamente, o que reflete na quantidade da pesca. A cota anual para os pescadores do lago de Brienz, segundo autoridades cantonais, é de um a dois quilos por hectare do lago, o que corresponde a uma média diária de 40 a 50 quilos.

Por essa razão o número de pescadores profissionais é cada vez menor. Se em 1995, cinco deles ainda estava ativos, atualmente são apenas dois.

Peixes estéreis 

Há vários anos peixes da espécie "Coregonus" têm nascido sem os órgãos sexuais. No verão de 2009 e 2010, a metade dos "Brienzlige" era estéril. Pesquisadores ainda não sabem se o fenômeno está relacionado com a falta de nutrientes na água.

O lago

O lago de Brienz é o primeiro alimentado pelo rio Aare ao longo do seu percurso. Ele está localizado em uma profunda depressão entre os vilarejos de Brienz (leste) e Böningen (oeste).

Seu comprimento é de aproximadamente 15 quilômetros e sua largura é de 2.500 metros, para uma superfície de 18 quilômetros quadrados. A profundidade máxima é de 260 metros.

Como todos os lagos de montanhas, devido à falta de uma flora alimentadora, a pesca não é uma atividade importante.

Porém o lago de Brienz é um dos ecossistemas mais importantes da Suíça, não apenas por abrigar muitos pássaros migratórios, mas também por ser uma reserva de água doce juntamente com o lago de Thun.

Aqui termina o infobox

swissinfo.ch com agências


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque