Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

'Croce Verde' Conheça o único serviço paramédico voluntário da Suíça

A Croce Verde (Cruz Verde) de Lugano é uma organização sem fins lucrativos que administra um serviço de ambulância, tratamento odontológico de baixo custo e cursos de treinamento em primeiros socorros. Voluntários são a espinha dorsal dessa organização.

A associaçãoLink externo com sede em Lugano, no cantão do Ticino, de língua italiana, celebra seu 118º aniversário este ano. Ela contou exclusivamente com o trabalho de voluntários até 1989, antes de se tornar mais profissional. No entanto, a Croce Verde ainda depende de um conjunto de 110 voluntários, além das 95 pessoas que emprega. Esses voluntários oferecem assistência médica pré-hospitalar gratuitamente durante seu tempo livre. Essa estrutura é única na Suíça; nenhum outro cantão integrou voluntários em seus serviços de socorro de emergência.

250 horas de compromisso

O que motiva os voluntários a se juntarem à Croce Verde? As razões vão desde a necessidade de ajudar, a adrenalina que vem com as emergências, as relações que são criadas com os pacientes e suas famílias, a imprevisibilidade das missões, a sensação de fazer parte de uma equipe, ou simplesmente dar sentido à vida de alguém.

Em setembro de 2017, quase 90 mulheres e homens se candidataram de forma espontânea para ingressar na Croce Verde. A associação selecionou quinze candidatos para treinamento. Após 300 horas de treinamento, os voluntários fazem um exame teórico escrito e são avaliados durante suas intervenções. Se eles passarem no teste, podem se juntar a uma equipe durante emergências médicas. O investimento é significativo: todos devem completar um mínimo de 250 horas de serviço por ano, além de 20 horas de treinamento adicional.

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.