Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Abertura da Eurocopa não terá discursos políticos

Ensaio no estádio da Basiléia para a abertura da Eurocopa.

(Keystone)

A cerimônia de abertura da Eurocopa 2008, no dia 7 de junho, na Basiléia, vai durar apenas 13 minutos – após um espetáculo de três horas – e não terá discursos de políticos.

A Uefa não quer misturar esporte com política e, por isso, também proibiu um sorteio de ingressos pelo Partido Socialista da cidade localizada no norte da Suíça.

"O futebol tem de estar no centro das atenções", disse Wolfgang Eichler, co-responsável de mídia da Eurocopa 2008. Segundo ele, o presidente da Uefa, Michel Platini, não quer que se misture esporte com política.

Por isso, ele teria tomado certas providências: os poderosos convidados políticos da Suíça e do exterior devem ficar em segundo plano durante a cerimônia no estádio St-Jakob Park, onde a Suíça e a República Tcheca disputarão a partida de abertura.

As únicas exceções serão o presidente suíço, Pascal Couchepin, o ministro da Defesa e dos Esportes, Samuel Schmid, e a ministra da Justiça, Eveline Widmer-Schlumpf, que terão um papel de "representação passiva".

Eles, no entanto, não farão discursos nem darão o pontapé inicial à partida, disse Andreas Schaer, coordenador do governo suíço para a Eurocopa 2008.

Show de 3 horas



A cerimônia de abertura será antecedida por um espetáculo com três horas de duração, cujo conteúdo será surpresa. Sabe-se apenas que serão exibidas imagens dos jogos das Eliminatórias e das concentrações das equipes, e que haverá uma apresentação de música e ginástica.

A Uefa e a Associação Suíça de Ginástica não querem revelar detalhes da programação. O coordenador do show de ginástica, Walter Minder, deu a entender que a coreografia incluirá "cenas típicas da Suíça e da Áustria, como lagos e montanhas". Oitocentos atletas dos países anfitriões participarão do show.

As cerimônias de abertura e de encerramento da Eurocopa serão concebidas pela agência de eventos francesa Auditoire. O diretor artístico Martin Arnaud já dirigiu o espetáculo de abertura da Copa do Mundo de 1998 na França.

Uefa proíbe sorteio de ingressos



Na tentativa de impedir uma instrumentalização política da Eurocopa, a Uefa proibiu 35 deputados estaduais do Partido Socialista (PS) da Basiléia repassar às população, por meio de sorteio, ingressos que eles haviam obtido dos organizadores do torneio.

O sorteio, que havia sido organizado de forma clandestina, acabou se tornando público. Em seguida, o Parlamento obrigou o SP a informar a Uefa, que proibiu a ação, com o argumento de que não quer sorteios com "colorido político" – ao contrário dos inúmeros sorteios comerciais.

swissinfo com agências

Fatos

A Eurocopa será disputada por 16 seleções, de 7 a 29 de junho, na Suíça e na Áustria.

No jogo de abertura (07/06), a Suíça enfrenta a República Tcheca, no St-Jakob Park, na Basiléia, no norte do país.

A final será disputada no dia 29 de junho, no estádio Ernst Happel, em Viena.

Aqui termina o infobox

×