Navigation

Janela n°18: cantão de Argóvia (Aargau)

sevenmusic.ch

Entre os nativos do cantão de Aargau existe uma voz excepcional que parece vir diretamente de outro lugar, mas não da Suíça.

Este conteúdo foi publicado em 18. dezembro 2020 - 09:00

Seven, cujo nome verdadeiro é Jan Dettwyler, é provavelmente o cantor de soul mais famoso da Suíça. O músico de 42 anos está em cena há 18 e pode gabar-se de uma discografia notável:

Dez álbuns de estúdio, duas compilações, quatro álbuns ao vivo, mais de 1000 concertos como estrela principal e inúmeras colaborações. No início, ele abriu para a banda Destiny's Child (de onde saiu Beyoncé) e a super estrela americana Lionel Richie. Em 2006, Seven foi o primeiro europeu a abrir o festival americano Sundance.

Ele passou a desfrutar de grande sucesso na Suíça antes de finalmente chegar ao topo das paradas na Alemanha. A escolha de seu nome artístico é fácil de explicar: é simplesmente seu número preferido.

A música é presente na vida de Seven desde seu nascimento - seus pais são ambos músicos. Seu pai é tenor, a mãe pianista. Aos 14 anos de idade, Seven, que vem de Wohlen, já estava organizando suas primeiras festas e concertos. Ele apareceu na televisão pela primeira vez aos 15 anos de idade.

Nos últimos meses, Seven tem feito lobby para o setor de eventos e cultura, que têm sofrido muito desde o início da pandemia. Ele ressalta que a profissão de artista é apenas uma parte muito pequena de uma grande indústria. Mais de 300.000 pessoas trabalham em tempo integral no setor cultural.

(Re)descubra sua voz durante uma gravação acústica de uma de suas canções:

Conteúdo externo


A arte em todos os seus estados

Este ano, a SWI swissinfo.ch decidiu dedicar seu Calendário de Advento ao mundo da cultura - e à cultura suíça em particular. Concertos cancelados, museus fechados, apresentações proibidas - a crise do coronavírus atingiu duramente os artistas em todos os campos.

A fim de apoiá-los à nossa maneira e permitir que você descubra seus mundos encantados e variados, lhes convidamos a abrir uma nova janela a cada dia, que revelará uma personalidade particular. Alguns são mais populares do que outros, mas todos têm em comum que são contemporâneos e reconhecidos internacionalmente em sua arte.

Siga-nos durante o mês de dezembro e conheça aqui uma rapper do Valais, um dançarino da Basileia, um escritor da Thurgau (Turgóvia), um trompetista de Friburgo...

E é bom lembrar: nossa seleção não tem a intenção de apresentar "o melhor" da arte suíça. Nós simplesmente desejamos oferecer a você uma paleta o mais rica possível. E esteja à vontade para nos apresentar ou recomendar novos artistas de sua preferência.  👇

End of insertion


Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.