Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, abraça seu filho e sua esposa Cilia Flores

(afp_tickers)

"Nicolasito" Maduro, filho do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, foi eleito como membro da polêmica assembleia que redigirá a nova Constituição do país, anunciou a autoridade eleitoral nesta terça-feira (01).

O único filho do mandatário acompanhará a primeira-dama, Cilia Flores, neste órgão formado por 545 membros, que funcionará como um suprapoder.

Nicolás Ernesto Maduro Guerra, 27 anos, entrou na arena política com a sua candidatura à Constituinte.

Concorreu na eleição setorial como representante da administração pública, na qual trabalhou desde que o seu pai chegou ao poder, em 2013, ocupando altos cargos criados pelo presidente.

O agora membro da assembleia era praticamente um desconhecido, embora há alguns anos tenha causado polêmica após a circulação de imagens suas recebendo uma "chuva de dólares" enquanto dançava em uma festa de casamento.

Em sua biografia no Twitter, afirma que é graduado em Economia, flautista do aclamado sistema de orquestras juvenis e "soldado de Chávez até além da vida".

AFP