Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente francês, Emmanuel Macron, em Paris, em 31 de outubro de 2017

(afp_tickers)

O presidente francês, Emmanuel Macron, expressou nesta terça-feira (31) no Twitter sua solidariedade com os Estados Unidos, ao assegurar que "nossa luta pela liberdade nos une mais do que nunca", após um atentado letal em Nova York.

"Eu expresso as condolências e a solidariedade da França a Nova York e aos Estados Unidos", escreveu Macron, depois do que as autoridades americanas denominaram de "ato de terrorismo".

"Nossa luta pela liberdade nos une mais do que nunca. #Manhattan", acrescentou, na mensagem escrita em francês e em inglês.

O motorista de uma caminhonete atropelou ciclistas e pedestres nesta terça-feira, em Manhattan, deixando oito mortos e ao menos 11 feridos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP