Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Emmy 2017

(afp_tickers)

Em um ano sem a presença de “Game of Thrones”, a distribuição dos prêmios Emmy foi bastante generosa na 69ª. edição da maior premiação da produção televisiva americana.

O drama "The Handmaid's Tale", a comédia “Veep” e e principalmente a minissérie “Big Little Lies” conquistaram os principais prêmios, deixando de fora alguns favoritos como "Westworld", "Feud - A Disputa: Bette e Joan" e "Stranger Things", ao menos levou cinco prêmios criativos, que são entregues uma semana antes.

Na disputa também ficaram de fora "The Crown", que ganhou dois Globos de Ouro, e o drama familiar "This is Us". Mas o primeiro levou o prêmio de melhor coadjuvante, para John Lithgow, e o segundo valeu o Emmy de melhor ator para Sterling K. Brown.

O drama distópico "The Handmaid's Tale" foi escolhida a melhor série dramática e também rendeu o prêmio de melhor atriz dramática para Kate Moss e melhor atriz coadjuvante Ann Dowd.

"Veep" foi escolhida melhor série cômica e sua protagonista, Julia Louis-Dreyfus, conquistou seu sexto Emmy de melhor atriz pela série.

“Big Little Lies” fez bonito, conquistando o prêmio de melhor minissérie, melhor atriz para Nicole Kidman, atriz coadjuvante para Laura Dern e ator coadjuvante para Alexander Sarsgard.

A apresentação da cerimônia foi conduzida no teatro Microsoft, em Los Angeles pelo comediante Stephen Colbert, que deu um marcado tom político a seus monólogos.

A política também ganhou destaque com o prêmio de melhor ator coadjuvante em comédia para Alec Baldwin, por sua interpretação satírica do presidente Donald Trump em “Saturday Night Live”. A melhor atriz coadjuvante de comédio ficou com Kate McKinner, também do elenco do veterano "Saturday Night Life", onde interpretou a candidata democrata Hillary Clinton nos debates com Trump.

O show também teve a inesperada de Sean Spicer, ex-secretário de imprensa do chefe de Estado, que apareceu por trás do pódio usado nas coletivas de imprensa na Casa Branca e declarou: "Esta será a maior audiência de um Emmy, ponto. Tanto em pessoa como ao redor do mundo".

A seguir, a lista dos principais vencedores do Emmy 20017:

MELHOR SÉRIE DE DRAMA:

"The Handmaid's Tale"

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA:

"Veep"

MELHOR ATOR DE DRAMA:

Sterling K. Brown - "This is Us"

MELHOR ATRIZ DE DRAMA:

Elisabeth Moss - "The Handmaid's Tale"

MELHOR ATOR DE COMÉDIA:

Donald Glover - "Atlanta"

MELHOR ATRIZ DE COMÉDIA:

Julia Louis-Dreyfus - "Veep"

MELHOR ATOR COADJUVANTE DE DRAMA:

John Lithgow - "The Crown"

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE DE DRAMA:

Ann Dowd - "The Handmaid's Tale"

MELHOR ATOR COADJUVANTE DE COMÉDIA:

Alec Baldwin - "Saturday Night Live"

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE DE COMÉDIA:

Kate McKinner - "Saturday Night Live"

MELHOR MINISSÉRIE:

"Big Little Lies"

MELHOR FILME PARA TELEVISÃO

"Black Mirror: San Junipero"

MELHOR ATOR DE MINISSÉRIE OU FILME:

Riz Ahmed - "The Night Of"

MELHOR ATRIZ DE MINISSÉRIE OU FILME:

Nicole Kidman - "Big Little Lies"

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE DE MINISSÉRIE OU FILME:

Laura Dern - "Big Little Lies"

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME:

Alexander Sarsgard - "Big Little Lies"

MELHOR PROGRAMA DE COMPETIÇÃO:

"THE VOICE"

MELHOR TALK SHOW:

"Last Week Tonight with John Oliver"

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP