AFP

A consultoria financeira Loup Ventures estima que agora a ação da Amazon se encaminha para os 2.000 dólares no médio prazo

(afp_tickers)

A ação da Amazon superou nesta terça-feira o preço simbólico de 1.000 dólares em Wall Street.

A empresa chegou a cotar 1.000,04 dólares às 13H45 GMT (10H45 no horário de Brasília) para uma capitalização de 478,05 bilhões de dólares; mais que o dobro da Wal-Mart, por exemplo, a maior rede de supermercados do mundo.

A Amazon entrou na Bolsa de Nova York em março de 1997 com um preço de 18 dólares por ação, o que lhe dava um valor de 438 milhões de dólares. A consultoria financeira Loup Ventures estima que agora a ação se encaminha para os 2.000 dólares no médio prazo.

O grupo nascido em Seattle, no noroeste dos Estados Unidos, passou em menos de 20 anos de uma simples loja on-line de livros e discos a uma gigante de serviços de informática, vídeos on-line e comércio eletrônico de produtos variados.

Os investidores apostam que o comércio on-line, que atualmente representa apenas 8% de todas as compras nos Estados Unidos, crescerá velozmente nos próximos anos.

A Amazon é um ator dominante no setor. A empresa de Jeff Bezos é responsável por 43% das compras on-line dos Estados Unidos, segundo estimativas da consultoria Slice Intelligence.

O grupo, que no primeiro trimestre teve um volume de negócios de 35,7 bilhões de dólares, está buscando formas de melhorar sua rentabilidade.

AFP

 AFP