AFP

O presidente americano Donald Trump em Maryland, no dia 9 de junho de 2017

(afp_tickers)

O procurador de assuntos fiscais do estado de Nova York investiga o destino final de uma parte dos recursos reunidos pela fundação de Eric Trump, diante de suspeitas de que poderiam ter sido desviados para as finanças do grupo do seu pai, o presidente americano Donald Trump.

A fundação foi criada em 2007 com a finalidade de contribuir para a pesquisa sobre o câncer infantil no hospital St. Jude de Memphis, Tennessee.

Para arrecadar fundos, a fundação de Eric Trump organiza todos os anos um torneio de golfe em um dos campos pertencentes ao grupo do seu pai, o Trump National Golf Club, ao norte de Nova York.

O campo e as instalações eram inicialmente emprestadas para a ocasião pela Organização Trump, mas desde 2010, tem cobrado o aluguel, de acordo com investigação realizada pela revista Forbes.

O custo da organização do evento era em média inferior a 50.000 dólares, mas aumentou para 322.000 dólares em 2015, segundo declarações fiscais analisadas pela revista.

Eric Trump, consultado pela Forbes, argumenta que a fatura foi de aproximadamente 100.000 dólares. A revista questiona qual teria sido o destino do restante do valor.

O procurador Eric Schneiderman abriu uma investigação sobre o assunto, contou à AFP seu porta-voz neste domingo.

Para evitar conflitos de interesses, Eric Trump deixou a fundação no fim de 2016, após a vitória do seu pai nas eleições presidenciais americanas.

AFP

 AFP