Navigation

Acaba sequestro na Lapa após ação da polícia

Policial do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) patrulha área isolada onde um homem armado com faca faz quatro reféns na Lapa, centro do Rio, 29 de novembro de 2019 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 29. novembro 2019 - 21:11
(AFP)

O homem armado com faca que manteve nesta sexta-feira reféns em um bar na Lapa, no centro do Rio, foi dominado pela polícia, e o incidente terminou sem qualquer ferido.

"O sequestrador foi preso. A equipe do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) entrou no bar e o imobilizou com uma arma de eletrochoque. Antes disto, os dois últimos reféns haviam sido libertados", disse à imprensa um oficial da polícia.

Ninguém ficou ferido no resgate, destacou o oficial.

O incidente começou por volta das 15H00, com sete reféns, que foram sendo libertados paulatinamente, enquanto a polícia negociava. O último refém saiu às 22H30.

O sequestrador, um homem de 41 anos, mora em um apartamento em cima do bar e trabalha vendendo caipirinha nas ruas próximas, revelou à AFP um de seus amigos.

Segundo o amigo, há algumas semanas o homem brigou com um segurança do bar devido ao barulho e às mesas colocadas na calçada; e o sequestro está ligado ao primeiro episódio.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.