AFP

Oito pessoas morreram no acidente de uma aeronave militar no centro da Colômbia

(afp_tickers)

Oito pessoas morreram nesta segunda-feira depois que uma aeronave militar se acidentou em um morro no centro da Colômbia, informou o presidente Juan Manuel Santos.

"Nossa solidariedade com os familiares das vítimas do acidente do avião do @COL_EJERCITO em Cundinamarca. 8 pessoas perderam a vida", escreveu o presidente em sua conta no Twitter.

O acidente aconteceu às 16H30 do horário local (21H30 GMT, 18H30 horário de Brasília) no morro El Manjui, entre as cidades de Facatativá e Zipacón, informou o Exército em comunicado.

Segundo o texto, morreram os tripulantes da aeronave, os pilotos major Jefferson Parada e tenente Carlos Narváez, e o tripulante de voo sargento Iván Darío Herrera.

Além, cinco passageiros identificados como tenente-coronel Rafael Gómez e o cabo Andrés Morales, e as civis Mónica Pineda Cañón, Karen Maldonado e Leydi Tatiana Vargas.

A aeronave militar, tipo Cessna Grand Caravan, cobria a rota entre as bases militares de Tolemaida (departamento de Tolima) e Guaymaral (arredores de Bogotá), acrescentou.

O governador de Cundinamarca, Jorge Emilio Rey, afirmou que ativou o sistema departamental de emergências para atender o incidente.

Uma comissão investigadora de acidentes da divisão de aviação do Exército está sendo deslocada para o local, a fim de determinar as causas do incidente.

AFP

 AFP