Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Oito pessoas morreram no acidente de uma aeronave militar no centro da Colômbia

(afp_tickers)

Oito pessoas morreram nesta segunda-feira depois que uma aeronave militar se acidentou em um morro no centro da Colômbia, informou o presidente Juan Manuel Santos.

"Nossa solidariedade com os familiares das vítimas do acidente do avião do @COL_EJERCITO em Cundinamarca. 8 pessoas perderam a vida", escreveu o presidente em sua conta no Twitter.

O acidente aconteceu às 16H30 do horário local (21H30 GMT, 18H30 horário de Brasília) no morro El Manjui, entre as cidades de Facatativá e Zipacón, informou o Exército em comunicado.

Segundo o texto, morreram os tripulantes da aeronave, os pilotos major Jefferson Parada e tenente Carlos Narváez, e o tripulante de voo sargento Iván Darío Herrera.

Além, cinco passageiros identificados como tenente-coronel Rafael Gómez e o cabo Andrés Morales, e as civis Mónica Pineda Cañón, Karen Maldonado e Leydi Tatiana Vargas.

A aeronave militar, tipo Cessna Grand Caravan, cobria a rota entre as bases militares de Tolemaida (departamento de Tolima) e Guaymaral (arredores de Bogotá), acrescentou.

O governador de Cundinamarca, Jorge Emilio Rey, afirmou que ativou o sistema departamental de emergências para atender o incidente.

Uma comissão investigadora de acidentes da divisão de aviação do Exército está sendo deslocada para o local, a fim de determinar as causas do incidente.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP