Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Policiais na cidade australiana de Sydney

(afp_tickers)

A polícia australiana deteve nesta quinta-feira cinco adolescentes acusados de proferir insultos e ameaças contra crianças judias que estavam em um ônibus em Sydney.

Os meninos, com entre 5 e 12 anos, viajavam na quarta-feira em um ônibus escolar no bairro de Bondi Junction quando oito adolescentes entraram no veículo.

O grupo ofendeu e ameaçou os alunos com gritos de "Heil Hitler", "Morte aos judeus" e "Liberdade para a Palestina", segundo familiares das crianças.

Uma mãe revelou que recebeu suas três filhas em prantos, traumatizadas.

"Minha pequena diz que agora tem medo de tudo", disse Jacqui Blackburn à rádio estatal ABC.

Cinco dos oito adolescentes foram detidos, interrogados e posteriormente entregues a seus pais.

A organização que reúne os judeus do Estado de Nova Gales do Sul informou que agentes de segurança viajarão a partir de agora nos ônibus das escolas judaicas.

AFP