Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Maio) O foguete Ariane 5 decola da Guiana Francesa

(afp_tickers)

A Agência Espacial Europeia (ESA) anunciou nesta quarta-feira a assinatura de um contrato com a Airbus Safran Lauchers para a construção de uma nova geração de foguetes, os Ariane 6, até 2020.

O acordo de 2,7 bilhões de dólares vai financiar as tarefas de desenvolvimento do foguete Ariane 6 e sua industrialização até sua fase de plena capacidade operacional, em 2023, segundo anunciou a companhia formada pela Airbus e Safran.

Espera-se que o novo sistema permitirá lançar 12 foguetes por ano a uma altitude de 36.000 km.

Os 22 países membros da ESA decidiram adotar um novo foguete em dezembro, durante um encontro ministerial em Luxemburgo, para enfrentar a concorrência do projeto americano SpaceX.

Além do acordo assinado com a Safran e Airbus, a ESA fechou contratos para a construção da base de lançamento do Ariane e Vega-C, uma evolução da pequena lançadora Vega da agência espacial.

AFP