Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Yukiya Amano, diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), em reunião da Accademia dei Lincei de Roma, no dia 9 de outubro de 2017

(afp_tickers)

A Agência Internacional da Energia Atômica (AIEA) assegurou nesta quinta-feira (19) que continua realizando "sem problemas" suas inspeções no Irã e que o governo iraniano é muito prudente desde que Donald Turmp decidiu não certificar o acordo internacional sobre seu programa nuclear.

"Posso dizer que os iranianos são muito prudentes e continuamos nossas atividades de controle e verificação sem problemas", disse, após se reunir com o ministro francês das Relações Exteriores, Jean-Yves Le Drian.

Trump anunciou na sexta-feira a decisão de não certificar o acordo histórico de 2015 entre o Irã e as grandes potências e pediu ao Congresso americano que complete as "graves lacunas" do texto.

"O Irã está aplicando os compromissos na questão nuclear" do acordo de 2015, reafirmou Amano, cuja organização está encarregada de vigiar seu cumprimento com inspeções regulares no Irã.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP