Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Retrato de Moner Mohammad Abu-Salha em vídeoo da Frente Al Nosra.

(afp_tickers)

O braço sírio da Al-Qaeda publicou na internet um vídeo que mostra um terrorista suicida americano que em maio cometeu um atentado contra o exército no nordeste da Síria.

Moner Mohamad Abu Salha, conhecido como Abu Hurayra Al-Amriki, é considerado o primeiro americano a cometer este tipo de ataques desde o início da guerra na Síria.

"Quero repousar na vida depois da morte, não neste mundo. Meu coração não está em paz aqui, espero que esteja no paraíso", explica o jovem, que fala em árabe. O vídeo, de 17 minutos, foi publicado na sexta-feira no YouTube pela Frente al-Nosra.

"Vim à Síria sem dinheiro para comprar um rifle ou uma bolsa. Deus me deu um rifle, uma bolsa e ainda mais", acrescenta.

O jovem detonou os explosivos que carregava no dia 25 de maio em uma base do exército sírio na província de Idleb. Seis dias depois, o departamento de Estado americano confirmou que se tratava de um cidadão americano.

Acredita-se que entre 9.000 e 11.000 combatentes estrangeiros viajaram à Síria nos últimos três anos.

Em março de 2011 teve início na Síria uma revolta popular que se militarizou, convertendo-se em uma guerra.

AFP