Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Fábrica em Taunusstein, Alemanha

(afp_tickers)

A economia alemã crescerá 2% em 2017 e 1,9% em 2019, anunciou o governo alemão nesta quarta-feira, revisando para cima suas previsões econômicas.

"A economia alemã está indo bem. O próximo governo deve garantir que este continue sendo o caso", declarou a ministra da Economia, Brigitte Zypries, ao apresentar as novas previsões.

"A situação econômica alemã ganhou dinamismo e em escala e continuará nos próximos anos no caminho do crescimento", acrescentou a ministro, que não fará parte do próximo governo.

As previsões anteriores do governo apontavam para um crescimento de 1,5% do PIB em 2017 e de 1,6% em 2018.

Até 2016, a Alemanha registrou um crescimento econômico de 1,9%.

Nos últimos anos, o aumento do consumo foi um dos principais impulsionadores do crescimento.

Mas nos próximos anos, o principal motor de crescimento poderá voltar a ser a exportação de produtos e serviços.

As exportações de automóveis e máquinas estão em alta devido ao crescimento da zona do euro.

Por outro lado, o ministério da Economia prevê uma queda no desemprego de 2,54 milhões de desempregados em 2017 para 2,47 em 2018.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP