AFP

De janeiro a março, a cota de lucro líquido do grupo foi de 10,65 bilhões de iuanes

(afp_tickers)

O líder chinês da venda on-line, Alibaba, quase duplicou seu lucro no quarto trimestre do exercício 2016-2017, impulsionado pelas transações através de smartphones e tablets, mas seu resultado ficou abaixo das expectativas.

De janeiro a março, a cota de lucro líquido do grupo foi de 10,65 bilhões de iuanes (1,55 bilhão de dólares, 1,39 bilhão de euros), um aumento de 98% anual, informou o Alibaba nesta quinta-feira em comunicado.

Enquanto isso, seu volume de negócios cresceu 60%, a 38,85 bilhões de iuanes (5,03 bilhões de euros).

Entretanto, o ganho ajustado por ação -a Alibaba opera em Wall Street- se fixou nesse trimestre em 0,63 centavos (4,35 iuanes), ou seja, menos do que esperavam os analistas (4,51 iuanes).

Segundo o comunicado, 82% dos lucros do grupo, que diversificou bastante suas atividades, decorreu de suas plataformas de venda on-line, que geraram 4,59 bilhões de dólares nesse trimestre (+47% anual).

A Alibaba, com sua plataforma Taobao, domina 90% do mercado de vendas entre particulares na internet chinesa, enquanto sua plataforma Tmall controla a metade das transações on-line entre profissionais e particulares.

AFP

 AFP