Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O ex-analista de Inteligência Edward Snowden

(afp_tickers)

O ex-técnico da inteligência americana Edward Snowden deve ser protegido de qualquer perseguição por ter alertado ao mundo sobre a espionagem americana, afirmou nesta quarta-feira a chefe dos Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay.

"Quem revela violações dos direitos humanos deve ser protegido. Precisamos dessas pessoas", afirmou a Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos.

"No caso de Snowden, suas revelações são fundamentais a respeito do que dizemos sobre a necessidade de transparência", acrescentou.

Navi Pillay, no entanto, negou-se a discutir se o presidente Barack Obama deve ou não perdoar Snowden.

Os vazamentos de Snowden provocaram no ano passado um escândalo a respeito da espionada praticada pela Agência Nacional de Segurança (NSA) americana.

Snowden fugiu para a Rússia depois de ter revelado esses programas de vigilância e Moscou poderá prorroga sua permissão de asilo, que expira no final de julho.

AFP