Navigation

Amazon trabalha em projeto de rede de satélites de internet

A Amazon confirmou que está trabalhando em um plano para implementar uma rede de satélites para o serviço de internet afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 04. abril 2019 - 23:58
(AFP)

A Amazon confirmou, nesta quinta-feira (4), que está trabalhando em um projeto para implementar uma rede de satélites para o serviço de internet de alta velocidade em lugares do mundo com poucos recursos.

O site de notícias de tecnologia GeekWire foi o primeiro a informar sobre o Projeto Kuiper, citando documentos regulatórios que revelavam que a iniciativa poderia custar bilhões de dólares.

"O Projeto Kuiper é uma nova iniciativa para lançar uma constelação de satélites de órbita terrestre baixa que fornecerá conexão de banda larga de alta velocidade e baixa latência a comunidades desatendidas e de poucos recursos no mundo todo", disse a Amazon em resposta a uma consulta da AFP.

"Este é um projeto a longo prazo que prevê atender dezenas de milhões de pessoas que carecem de acesso básico à internet de banda larga".

Segundo o GeekWire, o projeto planeja colocar 3.236 satélites em órbita baixa a altitudes que vão de 590 km a 630 km.

A fronteira do espaço está acordada internacionalmente em 100 km sobre a Terra, o que se conhece como Linha de Karman.

A empresa com sede em Seattle está buscando se associar a outras companhias com ideias afins a este esforço.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.