Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(2015) Animais em um recinto do zoológico de Colônia

(afp_tickers)

Uma americana que fugiu da Alemanha com o marido judeu após a Segunda Guerra Mundial deixará uma herança de 22 milhões de dólares ao zoológico de Colônia, região oeste da Alemanha, informou a imprensa.

Elizabeth Reichert, de 93 anos, informou ao jornal regional Kölner Stadt-Anzeiger que o dinheiro seria "bem utilizado" deste modo.

"Quando você pensa para quem deseja doar seu dinheiro, as recordações têm um grande papel", afirmou a mulher, que depois de deixar Colonia se mudou para Israel e em seguida para os Estados Unidos.

Ela mora atualmente na região de Filadélfia, mas afirma que nunca esqueceu Colonia.

Seu marido, Arnulf Reichert, um judeu de Colonia, teve que viver escondido para escapar dos nazistas antes de partir para o exílio com a esposa. Ele fez fortuna nos Estados Unidos como empresário, segundo o jornal.

O diretor do zoo, Christopher Landsberg, disse à agência de notícias alemã DPA que ficou surpreso com o anúncio.

Uma fundação foi criada para administrar a futura herança.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP