Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A atriz Angelina Jolie

(afp_tickers)

Angelina Jolie falou sobre a sua separação de Brad Pitt, confessando ter passado pelo "momento mais difícil" e ficado por meses somente como dona de casa, lavando pratos e limpando o cocô do cachorro.

Jolie, de 42 anos, entrou com o pedido de divórcio em setembro, citando diferenças irreconciliáveis. Ela acusou o ex-marido de maltratar seu filho adolescente durante um voo da França para Los Angeles, levando a uma investigação pelo FBI.

Depois de ser liberado pelo FBI e por assistentes sociais, o ator de 53 anos entrou com a solicitação de guarda compartilhada de Maddox (15 anos), Pax (13), Zahara (12), Shiloh (11) e dos gêmeos Vivienne e Knox (9), enquanto Jolie exigia a tutela única.

Jolie declarou à Vanity Fair que as "coisas não estavam bem" no verão de 2016.

"Foi somente o momento mais difícil", disse ela à revista, pouco depois de se mudar para uma casa de 25 milhões de dólares no bairro Los Feliz, em Los Angeles.

Ela procurou superar a situação se focando em ser uma boa dona de casa, apesar de ter uma vida atribulada e com muitas viagens.

"Eu só quero fazer um bom café da manhã e manter a casa limpa. Essa é a minha paixão. A pedido de meus filhos, estou fazendo aulas de culinária", contou.

"Venho tentando há nove meses ser uma boa dona de casa, recolher o cocô do cachorro, lavar os pratos e ler histórias para dormir. E estou indo bem nas três", afirmou à revista.

Também declarou que estava disposta a proteger os filhos. "Não quero que meus filhos fiquem preocupados comigo. Acho importante chorar no chuveiro e não na frente deles".

Brad Pitt admitiu em sua primeira entrevista após o divórcio que estar bebendo muito contribuiu para a sua separação, e que no momento parou de beber. Ele e Angelina estavam juntos desde 2004 e se casaram em 2014.

AFP