AFP

Agentes se preparam para operação de limpeza de depósito de onde vazou gases tóxicos

(afp_tickers)

Ao menos 200 estudantes foram hospitalizadas neste sábado depois de sentirem irritação nos olhos e na garganta em razão de um vazamento de gás em Nova Delhi, na Índia, informou a polícia.

As alunas de uma escola para meninas estavam em classe quando houve um vazamento de produtos químicos industriais, armazenados em um depósito próximo.

"Cerca de 200 estudantes foram admitidas em quatro hospitais. Nenhum caso é grave. A situação já voltou ao normal", explicou o delegado adjunto Romil Baaniya.

A polícia adotará medidas contra os responsáveis do depósito por negligência, acrescentou Baaniya.

Os vazamentos de gás são raros na Índia, e na maioria dos casos estão relacionados a falhas nas normas de segurança.

Em 2014, seis pessoas morreram depois de um vazamento de gás tóxico em uma das maiores siderúrgicas do país, no estado central de Chhattisgarh.

Em 1984, 40 toneladas de gás tóxico escaparam da fábrica de pesticidas do grupo americano Union Carbide em Bhopal (centro). Esta catástrofe, a pior da história industrial, e suas consequências deixaram mais de 25.000 mortos.

AFP

 AFP