Navigation

Apenas 3% da América Latina está vacinada contra covid-19, lamenta Opas

(Janeiro) Mulher é vacinada em Quito afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 22. maio 2021 - 00:12
(AFP)

Só 3% da população da América Latina e Caribe está vacinada contra a covid-19, lamentou a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) nesta sexta-feira (21), dia em que a região ultrapassou um milhão de mortes pelo coronavírus.

"Esta pandemia está longe de terminar e está atingindo fortemente a América Latina, afetando nossa saúde, economias e sociedades inteiras. No entanto, apenas 3% de nossas populações foram vacinadas", disse a diretora da Opas, Carissa Etienne.

"A região é um epicentro do sofrimento pela covid-19. Deve ser também um epicentro da vacinação", frisou em um comunicado.

Segundo dados do escritório da Organização Mundial da Saúde (OMS) para as Américas, 1.001.781 pessoas morreram devido ao vírus SARS-CoV-2 na América Latina e no Caribe.

Cinco países concentram quase 89% dessas mortes: Brasil (44,3%), México (22,1%), Colômbia (8,3%), Argentina (7,3%) e Peru (6,7%). Cerca de 3% de todas as mortes ocorreram na América Central e 1% no Caribe.

No entanto, das mais de 153,5 milhões de pessoas vacinadas em todo o continente americano, apenas 21,6% estão na América Latina e no Caribe.

Etienne destacou a disposição de alguns países de doar dezenas de milhões de doses de vacinas sobressalentes para a região, incluindo os Estados Unidos e a Espanha, e pediu que outros sigam o exemplo.

"Urgimos aos países que têm doses extras que considerem a possibilidade de doar uma parte significativa delas para as Américas, onde essas doses que salvam vidas são desesperadamente necessárias e serão utilizadas prontamente", afirmou ela.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?