Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Operadores da bolsa de valores de Nova York, em 1º de julho de 2014.

(afp_tickers)

Wall Street fechou em alta nesta quarta-feira, em que a Rússia anunciou medidas de retaliação às sanções impostas pelo Ocidente.

No fechamento, o Dow Jones Industrial Average avançou 12,14 pontos (0,07%), a 16,441.61 unidades. O índice ampliado S&P 500 subiu 0,10 pontos (0,01%) a 1.920,11 unidades, enquanto o tecnológico Nasdaq Composite Index teve alta de 2,22 pontos (0,05%), a 4.355,05 unidades.

O presidente Vladimir Putin impôs nesta quarta-feira uma série proibições e restrições à importação de produtos agrícolas dos países que a sancionaram em razão da crise ucraniana.

A União Europeia e os Estados Unidos, entre outros países, aplicaram uma série de sanções econômicas sem precedentes contra a Rússia, acusando Moscou de apoiar militarmente os separatistas pró-russos no leste da Ucrânia, o que a Rússia desmente.

Putin anunciou na terça-feira que havia ordenado que seu governo preparasse medidas em resposta às sanções, que proíbem, por exemplo, o acesso dos principais bancos russos ao mercado ocidental de capitais, as exportações de armas e de alguns equipamentos de exploração de petróleo para a Rússia.

No mercado de títulos, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos caiu 2,47% contra 2,48% de terça-feira. O rendimento dos bônus a 30 anos ficou em 3,28%.

AFP