Navigation

Apple e Google integram rastreamento de contatos por covid-19 aos celulares

Apple e Google iniciaram colaboração para melhorar acompanhamento da covid-19 pelos smartphones afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 02. setembro 2020 - 16:02
(AFP)

A Apple e o Google vão integrar diretamente aos celulares seus sistemas de rastreamento de contato para acompanhar o avanço da covid-19, eliminando assim a necessidade de projetar e baixar um aplicativo para esse finalidade.

As duas empresas de tecnologia norte-americanas lançaram em abril passado uma ferramenta para que donos de celulares equipados com o sistema iOS (Apple) e Android (Google) pudessem compartilhar informações com aplicativos criados pelas autoridades de saúde, através do Bluetooth.

Esses aplicativos, que podem ser baixados das plataformas de ambas as empresas, permitem avisar seus usuários, se estiveram em contato com outro usuário infectado pelo coronavírus nos dias anteriores.

As futuras versões do iOS e do Android, os sistemas operacionais mais usados para smartphones, agora irão integrar o sistema de notificação de exposição a coronavírus. Com isso, as autoridades públicas não precisarão mais criar um aplicativo de rastreamento.

Os proprietários do dispositivo terão de concordar com a ativação dessa ferramenta para que ela funcione.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.