Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Os acionistas da Air France-KLM aprovaram por grande maioria nesta segunda-feira a entrada no capital do grupo europeu, com 10% cada, das companhias aéreas Delta Airlines (EUA) e China Eastern

(afp_tickers)

Os acionistas da Air France-KLM aprovaram por grande maioria nesta segunda-feira a entrada no capital do grupo europeu, com 10% cada, das companhias aéreas Delta Airlines (EUA) e China Eastern.

A operação, que acontecerá em 2018, acontece no âmbito de uma ampliação de capital de 751 milhões de euros (US$ 890 milhões) destinada a renovar as alianças estratégicas do grupo franco-holandês no Atlântico Norte e na China.

O fortalecimento dos laços comerciais e em termos de capital com as empresas americana e chinesa pretende transformar a Air France-KLM no "pilar europeu da principal rede mundial de companhias aéreas", afirmou o grupo em um comunicado divulgado em julho para anunciar a operação, que dependia da aprovação dos acionistas.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP