Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O embaixador saudita em Washington, Adel bin Ahmed Al-Jubeir, lê uma declaração na sede da embaixada, em Washington, em 18 de junho de 2004.

(afp_tickers)

A Arábia Saudita entregou nesta quarta-feira 100 milhões de dólares às Nações Unidas para apoiar a luta antiterrorista e pediu que os demais países façam o mesmo.

A doação foi concedida depois de o país ter contribuído com 500 milhões de dólares a serem empregados em esforços da ONU por ajudar aos refugiados sitiados por jihadistas no Iraque.

"Fomos atingidos pelo demônio do terrorismo", disse do embaixador saudita em Washington, Adel bin Ahmed Al-Jubeir, a jornalistas.

"Acreditamos que aqueles países que não foram atingidos pelo terrorismo parecem um pouco negligentes na hora de lidar seriamente com o terrorismo", declarou durante a entrega do cheque ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Estados Unidos, Alemanha e Grã-Bretanha também fizeram doações ao Centro Antiterrorista da ONU.

AFP