Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O ministro argentino da Economia, Axel Kicillof

(afp_tickers)

O governo argentino começará a pagar sua dívida em Buenos Aires a 100% dos credores, incluindo os fundos especulativos que estão em uma disputa com o país na justiça dos Estados Unidos, anunciou o ministro da Economia, Axel Kicillof.

Em uma entrevista coletiva, Kicillof falou sobre os alcances do projeto de lei enviado ao Congresso na terça-feira pela presidente Cristina Kirchner e que elimina a janela de pagamento do Bank of New York (BoNY). Ele explicou que a forma de recebimento "não é obrigatória", e sim que "cada proprietário de bônus pode buscar e solicitar outra sede de pagamento".

AFP